Como ajudamos?

  • O nosso método de colheita da cultura artesanal é bastante ecológico, uma vez que requer pouco consumo de água e eletricidade.
  • o processo de filtragem permite separar a Spirulina do seu meio de cultura e reutilizar este último, devolvendo-o ao tanque do qual foi extraído, não se produzindo águas residuais.
  • No processo de desidratação, por já se encontrar filtrada e prensada, também não exige um grande consumo energético.
  • Recorremos a painéis fotovoltaicos para produzir a quase totalidade da eletricidade que usamos.
  • Escolhemos embalagens biodegradáveis e biocompostáveis.
  • A spirulina nutre-se de dióxido de carbono e produz oxigénio.
  • Não utilizamos herbicidas, nem pesticidas.
  • Dinamizamos e diversificamos a economia local e rural, apresentando um produto novo no mercado e um projeto inovador.
  • Promovemos a transparência na produção alimentar – as nossas instalações podem ser visitadas pelos consumidores, outros produtores e outro público interessado e disponibilizamos provas da qualidade microbiológica e química do nosso produto.